top of page
Buscar
  • Foto do escritorVA comunicacao

Conferência de Segurança Alimentar da Bahia homenageia Valmir Assunção


Foto: Jonas Santos

O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) foi homenageado durante as atividades da 6º Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional da Bahia (Cesan). O parlamentar foi responsável pela articulação que criou o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional da Bahia (Consea-BA) quando foi Secretário de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (SEDES) do governo Jaques Wagner.

“Eu tenho muito orgulho de ter sido secretário da então SEDES, durante o governo Wagner. Foi justamente nesta época que nós fizemos a primeira conferência de segurança alimentar, ainda sem recursos, mas com a força da sociedade civil organizada. E esse processo abriu as portas para que tivéssemos os mais importantes avanços em políticas de combate à pobreza no estado da Bahia”, afirmou Valmir Assunção. Outras homenagens também foram realizadas, a exemplo dos ex-presidentes do Consea nacional e da Bahia, em virtude do aniversário de 20 anos do Conselho no estado.

Foto: Jonas Santos

Com o tema “Superação da fome e construção da soberania alimentar, com direitos e participação social”, a 6ª Cesan contou com as presenças do governador Jerônimo Rodrigues e do ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias. Além de identificar apontar caminhos para avançar em políticas estruturantes rumo à soberania alimentar e a superação da fome, a conferência também escolhe os representantes da Bahia para a Conferência Nacional de Segurança Alimentar, a ser realizada em Brasília no mês de dezembro.

“Temos uma experiência singular na Bahia, sob a uma perspectiva de inclusão das pessoas. Construímos um cardápio de ações conjugadas e vamos chegar à etapa nacional com uma delegação forte e um conjunto de propostas eficientes para ajudar na reconstrução do nosso país e combater a fome, a pobreza e a desigualdade”, disse Fabya Reis, secretária de Assistência e Desenvolvimento Social do estado da Bahia.

Na ocasião, foram assinados contratos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) de quase R$ 18 milhões, envolvendo o governo do estado e o MDS. A Bahia também assinou o termo de adesão ao Plano Brasil Sem Fome, que tem a intenção de cooperar para a erradicação da situação de insegurança alimentar e nutricional grave em todo o território nacional.

11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page