Buscar
  • VA comunicacao

#Eleições2022: Pesquisa Vox Populi aponta vitória de Lula sobre Bolsonaro já no primeiro turno


Pesquisa feita pelo Instituto Vox Populi e divulgada com exclusividade pelo site Metrópoles mostra que o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o favorito para vencer as eleições presidenciais de 2022 no primeiro turno. O Vox Populi fez levantamento espontâneo e estimulado. A pergunta foi: “Embora as eleições para presidente ainda estejam longe, se a eleição fosse hoje, em quem você votaria?”. Na pesquisa estimulada, Lula vence com 43%. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) atinge 24%. Mais distante aparecem Luciano Huck (8%) e Ciro Gomes (5%). Nesse caso, a soma de índice dos outros candidatos não chega ao número de Lula. No caso da escolha espontânea, Lula aparece com 33%; Jair Bolsonaro com 19%; e Ciro Gomes com 2%. Confira os números: Voto estimulado

Voto espontâneo:

Segundo turno No segundo turno, diante de cenários contra Bolsonaro, Ciro Gomes (PDT) e João Doria (PSDB), o petista também leva vantagem. Contra o atual presidente, Lula 55% das intenções, enquanto Bolsonaro fica com 28%. Ninguém/branco/nulo alcança 14% e 3% não sabem. Com Ciro Gomes, a vantagem é 52% contra 19%. E diante de Doria, a vitória seria mais tranquila: 56% contra 14%. Nesse caso, o governador paulista tem menos intenções do que a categoria ninguém/branco/nulo (27%). Veja aqui

Pesquisa Vox Populi para segundo turno em 20221A amostra nacional é de 2 mil entrevistas, aplicadas em 119 municípios, com estratificação por cotas de sexo, idade, escolaridade e renda. A margem de erro é de 2,2%, estimada em um intervalo de confiança de 95%. A pesquisa da Vox Populi foi feita de forma quantitativa, com entrevistas pessoais e domiciliares, e com o uso de tablets. Entrevista ocorreu com brasileiros com 16 anos ou mais, residente em áreas urbanas e rurais, de todos os estados e do Distrito Federal, em capitais, regiões metropolitanas e no interior, de todos os estratos socioeconômicos. A redação foi extraída na íntegra do site Metrópoles.

17 visualizações0 comentário