top of page
Buscar
  • Foto do escritorVA comunicacao

Lula assume presidência do Mercosul em julho


Presidente Alberto Fernández (Argentina) e presidente Lula (Brasil) - Foto: Ricardo Stuckert

Os presidentes Lula (Brasil), Alberto Fernández (Argentina), Mario Abdo Benítez (Paraguai) e Luis Alberto Lacalle Pou (Uruguai) são esperados nos dias 3 e 4 de julho na reunião da 62ª cúpula de chefes dos Estados do Mercosul em Puerto Iguazú, cidade da tríplice fronteira formada ainda por Foz do Iguaçu e as cidades paraguaias de Ciudad del Este, Presidente Franco e Hernandarias. No encontro, Lula vai assumir a presidência do Mercosul.


A economia vai pautar o encontro dos presidentes do bloco, mas a integração fronteiriça, acordos bilaterais, circulação de bens e serviços e de trabalho nas três fronteiras, fiscalização aduaneira, campanhas de divulgação do destino unificado, campanhas e serviços de saúde pública, entre outras questões, devem ser levadas pelas autoridades locais e estaduais nas discussões paralelas da reunião.


As datas da cúpula do Mercosul já constam da agenda oficial do bloco sul-americano. A programação prevê, no primeiro dia (3 de julho), a reunião do Conselho do Mercado Comum (CMC), instância integrada por ministros de cada governo. No dia seguinte, 4 de julho, será a vez do encontro dos chefes de estado, com a presença aguardada dos presidentes e convidados. O local do encontro ainda não foi divulgado oficialmente. Esta será a segunda vez que Puerto Iguazú recebe uma edição da cúpula, a primeira ocorreu em 2004.


A reunião semestral deve ser marcada por debates como as novas exigências ambientais apresentadas pela União Europeia em relação ao acordo com o Mercosul, além da crise econômica na Argentina e das discussões em torno da intenção uruguaia de firmar acordos diretos com a China ou países da Ásia–Pacífico. O argentino Alberto Fernández vai repassar para Lula, ao término do encontro, a presidência rotativa do bloco. A próxima cúpula, que será organizada pelo governo brasileiro, está prevista para dezembro de 2023 ou janeiro de 2024.

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page