Buscar
  • VA comunicacao

Lula diz que cabe ao governo federal dar condições e crédito às cooperativas



Lula e Geraldo durante encontro com representantes de cooperativas - FOTO: Ricardo Stuckert -

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou, na manhã de hoje, 2, de um encontro com representantes de mais de 80 cooperativas e entidades de diversos setores, entre eles agricultura familiar e catadores de materiais recicláveis. Ao lado da ex-presidenta Dilma Rousseff e do ex-governador Geraldo Alckmin, Lula falou que quer ajudar a expandir o setor no Brasil, como forma de ampliar a atividade econômica.


“O que cabe ao governo é criar condições de facilitar a organização, depois facilitar o crédito e depois num primeiro momento até ajudar comprando os produtos das cooperativas. Eu, sinceramente, sonho com um Estado com muitas cooperativas, sabendo que é difícil”, disse.





Lula lembrou dos desafios que viu durante seus oito anos de mandato e das lições que aprendeu nesse período, quando tentou aumentar o número de cooperativas instaladas no Brasil. “Quando tomei posse, em 2003, eu acreditava que era só mudar alguns instrumentos da legislação que a gente ia encher o país de cooperativas….Mas nós fizemos as mudanças necessárias”, contou ele.


As políticas, segundo o ex-presidente, não renderam imediatamente os frutos esperados. Segundo ele, isso mostrou que as uniões necessárias para criar e administrar as cooperativas precisam ser muito mais orgânicas e vir da base da sociedade, do que necessariamente brotarem após estímulos do governo.





“Em uma reunião para ver os resultados, o que a gente percebeu? Que tinha aumentado o número de cooperados, mas não tinha aumentado proporcionalmente o número de cooperativas. Aí eu aprendi a lição mais importante: você não cria cooperativa de cima para baixo, como se você pudesse plantar uma árvore com as folhas enfiadas na terra e a raiz para cima. Uma cooperativa, para dar resultado, tem que vir do povo a partir das suas necessidades, a partir da sua realidade”, ressaltou.


FONTE: Site Oficial de Lula








5 visualizações0 comentário