Buscar
  • VA comunicacao

Primeira pesquisa do ano aponta que Lula vence eleições no primeiro turno


Ex-presidente Lula (PT) - FOTO: Ricardo Stuckert -

Pelo segundo mês seguido, pesquisa do Instituto Quaest encomendada pela Genial Investimentos mostra vitória de Lula (PT) no primeiro turno das eleições de outubro. De acordo com o levantamento divulgado nesta quarta-feira (12), o petista tem 52,3% dos votos válidos no cenário estimulado.


Nesse quadro, Lula oscilou um ponto negativo para menos, de 46% registrado em dezembro para atuais 45%. Jair Bolsonaro (PL) manteve os 23%. Sérgio Moro (Podemos) caiu dois pontos, de 11% para 9%. Ciro Gomes (PPDT) também oscilou na mesma proporção, de 7% para 5%. João Doria (PSDB) tem 3% e Simone Tebet (MDB) 1%.


Rodrigo Pacheco (PSD) e Felipe D’Ávilla (Novo) não chegaram a pontuar. Brancos e nulos são 8% e indecisos 4%. Na pesquisa espontânea, quando não são revelados os nomes dos candidatos, Lula é citado por 27% dos eleitores, 16% lembram de Bolsonaro e apenas 1% falam nos nomes de Moro e Ciro. Indecisos neste cenário são 52%.


Lula vence todo no segundo turno

O pré-candidato do PT também vence todos os adversários em simulações de segundo turno. Contra Bolsonaro, Lula tem 54% contra 30%. Moro mantém os 30% na derrota para o petista, que soma 50%. Contra Ciro, Lula marca 52% contra 21%. O petista ainda vence Doria (55% a 15%) e Pacheco (57% a 14%). Em simulações sem o petista, Bolsonaro perde para Moro (36% a 30%) e para Ciro (39% a 32%).


Lula é a segunda opção de voto de 28% dos ciristas

A pressão de deputados do PDT para que Ciro abandone a disputa, com a sigla migrando para o apoio a Lula, daria ainda mais chances para uma vitória do petista no primeiro turno.

Segundo a pesquisa, 28% dos eleitores que declararam votar em Ciro têm em Lula a segunda opção. O potencial de transferência de votos só fica atrás caso o cenário se invertesse: 40% dos eleitores do petista têm Ciro como segunda opção.


O estudo mostra ainda que 10% dos que dizem votar em Moro e 8% que declaram preferir Doria têm Lula como segunda opção. Sobre uma eventual desistência de Moro, já ventilada nos bastidores, o principal beneficiado seria Bolsonaro, com herança de 24% dos votos de seu ex-ministro – outros 17% dizem que votariam em Ciro e 19% em Doria.


Invertida, a relação se mantém, com Moro como segunda opção de 22% dos eleitores de Bolsonaro. A pesquisa Quaest ouviu 2 mil eleitores entre os dias 6 e 9 de janeiro em todo o território nacional. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiabilidade é de 95%.


Leia a íntegra


FONTE: Revista Fórum


6 visualizações0 comentário