Buscar
  • VA comunicacao

Rui Costa destina mais R$34,4 milhões para modernizar escolas estaduais no interior


Foto: Paula Fróes/GOVBA

O governador Rui Costa (PT) destinou R$34.405.646,45 para a contratação de empresa especializada para obras de ampliação com modernização da infraestrutura de unidades escolares da rede estadual, em nove municípios da Bahia. De acordo com o resumo de contrato publicado, nesta quarta-feira (22), no Diário Oficial do Estado (DOE), as intervenções serão em escolas localizadas nos municípios de Acajutiba, Barrocas, Conceição do Coité, Nova Fátima, Olindina, São Domingos, Serra Preta, Tucano e Valente.


No mesmo DOE também foi publicado aviso de licitação para a contratação de empresa especializada para execução de obra de ampliação com a modernização da infraestrutura em unidades escolares localizadas nos municípios de Macururé, Banzaê, Pedro Alexandre, Ribeira do Pombal e Piritiba. O aviso contempla ainda a construção de nova unidade escolar no município de Várzea da Roça.


Estas obras fazem parte da requalificação que o Governo do Estado realiza nas escolas estaduais e envolve investimentos de mais de R$ 2 bilhões. As escolas existentes passam por reformas e modernização e novas unidades estão sendo construídas em alto padrão de engenharia, ofertando aos estudantes e comunidade local quadra poliesportiva coberta, campo society, auditório, refeitório, biblioteca e laboratórios, entre outros equipamentos para fortalecer a aprendizagem.


A requalificação da rede também passa pela implantação dos Complexos Poliesportivos Educacionais compostos por uma série de equipamentos como quadras poliesportivas cobertas, academia de ginástica, quadra de vôlei de areia, pista de atletismo e piscina. Os complexos são vinculados à oferta da Educação em Tempo Integral, fortalecendo a prática esportiva no currículo escolar, como também o desenvolvimento de atividades artísticas, culturais, de lazer e de entretenimento. Além da rede estadual, os complexos atenderão aos estudantes das redes municipais e particular, bem como a comunidade local.


FONTE: Ascom/SEC

21 visualizações0 comentário