Buscar
  • VA comunicacao

Valmir repudia ameaças em acampamento em Senhor do Bonfim; “Famílias vivem há 15 anos no local"


O deputado federal Valmir Assunção - FOTO: Jonas Santos -

Homens armados e com uma retroescavadeira ameaçam as mais de 12 famílias que vivem há 15 anos no acampamento Sol Nascente, no município de Senhor do Bonfim, nordeste da Bahia. A denúncia é reverberada pelo deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), que foi procurado nesta quinta-feira (25) pela coordenação estadual do Movimento de Trabalhadores Assentados, Acampados e Quilombolas (Ceta) para tratar do assunto. Assunção informa que os acampados estão com medo da violência, de terem suas casas invadidas e aguardam o desfecho final do processo judicial que envolve a área ocupada.


“Estão tentando intimidar os moradores do local que já vivem na região e tiram seu sustento do local há 15 anos. E fazem isso de forma violenta, arbitrária e sem mandado judicial. A intenção é expulsar, de qualquer forma, as famílias que estão ocupando o espaço. Existe um processo, que está na segunda instância, e que acabou por suspender a imissão de posse ao proprietário. E as famílias seguem aguardando, de forma pacífica, o desfecho final de processo. No entanto, essa situação precisa ser apurada urgentemente e que a Secretaria de Segurança Pública da Bahia acompanhe de perto essa denúncia para responsabilizar os autores da ação”, descreve Valmir.


As famílias querem mobilização da sociedade, das instituições governamentais, da polícia, do Ministério Público e demais órgãos para evitarem maiores conflitos. O acampamento fica na região do Quicé, a 5 km da sede de Senhor do Bonfim. Para o deputado federal, a situação é preocupante e envolve pais e mães de família que lutam para sobreviver em meio à crise sanitária. “Repudiamos toda e qualquer ofensiva de grupos que têm como objetivo desestabilizar áreas autônomas dos movimentos, ameaçar a integridade física dos assentados e acampados, e perseguir e criminalizar os movimentos sociais”, completa Assunção.


7 visualizações0 comentário