Atenção Psicossocial e Redução de Danos

Fortalecimento das políticas de atenção psicossocial e de redução de danos

O mandato na Câmara também luta pela ampliação das políticas públicas sobre drogas, considerando três eixos fundamentais: segurança pública, acesso à justiça, e redução de danos. A tríade é um dos temas de atuação de Valmir. É fundamental que se fortaleça a Rede de Atenção Psicossocial (Raps) e, também, é preciso criar mais políticas para reduzir danos e acolher pessoas que fazem uso de drogas abusivamente. 

 

Há a necessidade de uma posição pela proteção da vida da juventude negra, que tem sido massacrada por uma ideia de guerra às drogas. Na verdade, essa guerra tem produzido ‘hiperencarceramento’ no Brasil, alta taxa de letalidade e inúmeras outras violações de direitos, como por exemplo, sequestros de crianças de mães usuárias de drogas em situação de rua. 

 

Uma grave violação dos direitos humanos é repercutida no conjunto da sociedade a partir de uma política do medo. Isso faz com o que a sociedade, cada vez mais, invista em segurança privada e não tenha condições de proteger os territórios, que são mais vulneráveis. 

 

Valmir acredita que é preciso mudar essa realidade. Ele aponta que a saída está na construção de caminhos que tragam o cuidado e a prevenção ao uso de drogas. Um bom exemplo de boa prática no campo da política pública de redução de danos é o programa baiano ‘Corra para o Abraço’. Ações como essa, do governador Rui Costa, e outras iniciativas na gestão de Jaques Wagner, são referências para todo o país e merecem a atenção do poder público. 

Nossas Lutas 3 - Atenção Psicossocial